O que queres ser quando fores sénior?

Por Anouk - dezembro 30, 2019

o que queres ser quando fores sénior - tropa do batom

Tivemos um jantar de gajas esta semana e, bom, I love my girls :) . Infelizmente a Carolina e a Snow não foram, mas eu, a Maria e a Kel aproveitámos para pôr a conversa em dia antes do final do ano.

Somos todas tão diferentes, mas é fantástico como nos damos tão bem (diria melhor... mágico). Nunca vi um grupo de pessoas tão diferente a dar-se tão bem. Enfim, somos fantásticas (beijinhos gajas boas :*).

Voltando ao tema de hoje... um dos assuntos que falámos à mesa (e atenção que levei logo um cartão amarelo da Maria por ela achar que este tipo de temas de alguma forma a pressiona... não sei como, mas é daquelas coisas que faz de nós diferentes) foi de sonhos. 

É normal perguntarmos às crianças o que querem ser quando forem "grandes", mas nunca ninguém pergunta aos adultos o que querem ser quando forem séniores.

Sejamos realistas... a maior parte de nós não é nada daquilo que achava que iria ser quando era criança. Ou porque mudámos de ideias à medida que o tempo foi passando (algo perfeitamente legítimo.. chama-se realidade), porque não conseguiu atingir o seu sonho de criança ou, pior, porque não tentou como devia (sou daquelas que acredita piamente que quem quer verdadeiramente algo, consegue chegar lá... o que é diferente do "diz que tentou e ficou sentado à espera" - mas isso fica para outro tema).

A verdade é que somos adultas (e quase todas nos entas), já todas temos uma profissão/carreira, família, filhos, amigos, rotinas e muita bagagem às costas, mas será que todas nós cumprimos o(s) nosso(s) sonho(s)?

A pergunta do dia é: qual o teu sonho? O que queres fazer do tempo que te resta? Qual o teu objectivo? Que marca queres deixar?

Não sei se vocês costumam pensar neste tipo de coisas, mas eu sou o tipo de pessoa que gosta de ter um rumo bem definido. Sei para onde vou e isso ajuda-me, todos os dias, a tomar decisões (para o bem e para o mal). E, acima de tudo, faz de mim a pessoa decidida que me considero ser.

As decisões que tomo hoje têm em vista o meu "sonho" sénior. No meu caso, embora eu seja uma pessoa que adoro o meu trabalho e (modéstia à parte) sou boa naquilo que faço, não me imagino a fazê-lo até à idade da reforma. Nessa altura, a probabilidade de ter (demasiadas) maleitas é muito grande e resta depois pouco tempo para "aproveitar" a vida. Embora goste de trabalhar, dou muito valor a mim e aos meus mais próximos (família e amigos). Gosto de fazer coisas diferentes e aprender coisas novas: DIYs, projetos, cursos, arrumações, receitas, viajar, ler, ver filmes, etc. Enfim... aproveitar a vida :)

E vocês: Já alguma vez pensaram nisto? Qual o vosso sonho sénior?

Se ainda não pensaram nisto, aproveitem as resoluções do ano novo para começar a fazê-lo. Não é tarde demais para começar.

Anouk.

  • Partilha:

Poderás também gostar

6 comentários

  1. Adoro!!! Confesso que tive sonhos que foram substituídos por outros.
    Mas os verdadeiros nunca desaparecem por completo. De momento aspiro ter uma 'reforma' rica em experiências... Adoraria ter uma roulote e ir por aí com a minha cara metade... Como se não houvesse amanhã...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ver se vais parando a roulotte de vez em quando e vamos marcando uns cafézitos/cházitos (ou caipirinha sem álcool, ehehe). Bjus

      Eliminar
  2. Viajar... Ter o meu próprio negocio...
    Bom ano 2020.

    ResponderEliminar
  3. Nunca pensei nisso... Mas também... não sei se dependerá tanto assim de mim... qual a ideia? Tentar juntar já muito dinheiro para depois ter uma velhice confortavel? Ter já filhos para que depois me cuidem? Acho que a velhice pouco difere entre as pessoas. Todas acabamos num lar e doentes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom, essa fase do lar e doentes será inevitável... Eu refiro-me ao "antes" de chegarmos a esse ponto :)

      Eliminar