App de Dieta Noom: O teste (Parte 1)

Por Anouk - novembro 10, 2019

app de dieta noom screenshots - tropa do batom

Pois é... estou naquela fase em que preciso mesmo de perder uns quilos pois já não me sinto bem comigo mesma. Não pretendo agradar ninguém senão a mim própria, e quero voltar a um estilo de vida um pouco mais saudável. Ou seja, está MESMO na altura de fazer dieta.

Sei que não escolhi a melhor altura para começar esta dieta, porque o Natal e a passagem de ano estão à porta. Mas a verdade é que se pensarmos assim, nunca haverá uma altura ideal: ou vem o Natal, as férias, a passagem de ano, os petiscos de Verão (que com o aquecimento global duram até o Outono), os "copos" com os amigos, os aniversários dos miúdos, enfim... you get the point :)

Desculpas há sempre e se não formos nós a dizer "BASTA!", ninguém o fará por nós (nem tem que o fazer - Ai que a feminista em mim fica logo eriçada, eheheh).

Tentei nos últimos meses fazer dieta por mim (a verdade é que todas nós sabemos o que podemos ou não comer, e também estamos carecas de saber que temos que fazer exercício), ainda andei no ginásio uns meses (e atenção que fiquei logo mais "turbinada" no dia a dia, mas acabei por deixar porque ia de férias, porque ia petiscar, e outras 1000 desculpas entretanto, que todas nós arranjamos quando simplesmente já não nos apetece fazer algo 😐 ).

Já há uns meses que andava de "olho" na app de dieta Noom. A publicidade apareceu no Facebook e, curiosa, depois procurei umas críticas na net. Encontrei muita gente a falar maravilhas e outras tantas a apregoar horrores (como tudo portanto... 😀).

Ontem lá ganhei coragem e decidi avançar com a instalação da app de dieta Noom, após ter encontrado um link para um trial gratuito de 15 dias algures na net (a forreta em mim não consegue viver sem descontos, eheheheh).

Comecei por responder a um quizz sobre os meus hábitos alimentares e de vida (exercício, se trabalho quase sempre sentada, etc) e, no final, a aplicação apresentou o meu plano, que no meu caso é de 2 meses, a terminar no dia 10 de Janeiro. Eu pretendo perder 10 kg e escolhi a opção de perda "equilibrada", ou seja, algures no meio entre perda de peso mega rápida e mais lenta.

Posso dizer-vos que eu já tenho alguns hábitos minimamente saudáveis, como comer verduras, levar a minha marmita durante a semana, comer a horas mais ou menos certas, não comer muitos alimentos processados nem fast food. Acho que o meu problema é mais a quantidade do que a qualidade (e fico com fome se comer menos 😒), ainda que cometa muitos deslizes, como bolos (cheios de creme como se quer), e uns valentes cocktails e copos de vinho. É caso para dizer que a minha vida social está a dar cabo da minha linha (que nunca foi propriamente fina...) ... literalmente! ahah.

Voltando à aplicação... após aparecer o meu plano de dieta Noom, aparecem também os campos para preencher os dados do cartão de crédito. O meu plano, como é para 2 meses, fica em 79€, ou seja, cerca de 40€ por mês (mas tenho 15 dias para testar e, se quiser, posso cancelar neste período, antes de efectuar qualquer pagamento). Não é barato, mas se funcionar não me vou queixar :) . A verdade é que não me parece um valor assim tão elevado, se compararmos com o preço de uma consulta de um nutricionista por exemplo ou de outras soluções miraculosas como batidos, massagens de emagrecimento, comprimidos e afins.

Obviamente que ainda não tenho resultados com esta app de dieta (instalei ontem, não é?), mas posso dizer-vos que, para já, estou com uma boa impressão, estou motivada, e estou a gostar bastante do que estou a aprender.

Deixo-vos algumas das dicas que aprendi até agora de utilizar a Noom (e só num dia, hein?😀):
  • As pesagens devem ser feitas diariamente, e logo assim que acordamos (após o xixi matinal 😀);
  • Mais importante do que contar calorias, devemos aprender a ter em conta a "Densidade de Calorias". Quanto menor a densidade de calorias, melhor;
  • Eles consideram 3 tipos de alimentos: verdes (ex: legumes; frutas e grãos integrais - ex:arroz integral); amarelos (ex: carnes "magras", lacticínios magros, abacate, algum peixe e marisco, quinoa, iogurtes magros, azeitonas...) e vermelhos (gorduras, carnes vermelhas, frutos secos, fruta desidratada, leite, snacks, queijos e sobremesas) e, segundo eles, não devemos excluir nenhum tipo de alimento da nossa dieta, mas sim moderar o consumo;
  • O estômago não tem olhos. Para ficarmos saciados, podemos comer maior quantidade de "verdes" para deixarmos de ter a sensação de "fome";
  • Os alimentos com mais água são aqueles que saciam mais e que têm menor densidade calórica (os alimentos "verdes" como por exemplo melancia, uvas, brócolos, etc);
  • Segundo esta app de dieta, diariamente podemos comer 30% de alimentos verdes, 45% de amarelos e 25% vermelhos. Assim, conseguimos melhorar os nossos hábitos sem nos privarmos de nenhum alimento 😜;
  • A água tem ZERO calorias (eu já sabia, mas deixo para quem eventualmente não saiba).

Depois, temos um "coach" que vai falando supostamente connosco ao longo do nosso progresso e vai-nos motivando ao longo do percurso. Além disso, somos também integrados num grupo de apoio (estilo "gordos anónimos" - lol) para podermos ir falando das dificuldades que possam surgir ao longo do objetivo.

Na aplicação, temos também "Receitas" para as diversas refeições do dia, "histórico de peso", e "artigos", que podemos ir guardando à medida que vão aparecendo.

Para mim, o mais importante para já é mesmo o contador de calorias (já tinha instalado um outro daqueles gratuitos, mas confesso que só preenchi nos primeiros 3 dias e depois desisti). O que acho mais interessante até agora neste contador de calorias é que somos "educados" sobre o que estamos a comer. Cada vez que inserimos algum alimento, a app indica se este é "verde", "amarelo" ou "vermelho" e vamos aprendendo ao longo do percurso.

Outra coisa que achei interessante neste contador de calorias é que tem a opção de fazer "scan" de códigos de barras. Pensei que não funcionasse em Portugal, mas a verdade é que testei "scannar" umas tostas de sésamo e cereais que costumo comprar no Lidl e não é que aquilo detetou? A nerd em mim ficou maravilhada! 😆

A aplicação também tem imensa "conversa" motivacional. Segundo eles, é o seu principal factor diferenciador face a outras apps. Não consigo indicar-vos para já se considero isto como uma mais valia ou como algo apenas irritante, porque ainda não passou tempo suficiente para conseguir dar esse feedback.

De qualquer forma, vou tentar fazer-vos um update deste meu percurso e depois digo-vos se está a correr bem ou se desisti entretanto (lol). Mas... para já estou motivada!

Pounds be gone!!
Anouk


Nota: o objetivo deste post é o de providenciar a minha opinião como utilizadora e não o de fazer publicidade. Este post não é pago nem patrocinado.

EDIT: Umas semanas depois escrevi um segundo post sobre a app de dieta Noom.

  • Partilha:

Poderás também gostar

0 comentários