App de Dieta Noom: O teste (Parte 2)

Por Anouk - dezembro 02, 2019

app dieta noom - tropa do batom

Estou a utilizar a app de dieta Noom há 3 semanas (Parte I do post aqui) e está na altura de fazer o primeiro balanço e dar-vos algum tipo de feedback. Em suma, estou a gostar muito da app, mas está longe de ser perfeita.

Em 3 semanas perdi 4 kg, mudando apenas a alimentação e sem exercício. A aplicação dá indicação das calorias por cada tipo de comida (mas atenção que a app esta toda em inglês e há coisas que não são 100% iguais e temos que adaptar a "olhómetro").

Uma das features mais interessantes da aplicação é precisamente o contador de calorias. Além disso, a aplicação tem também muitas lições diárias (que estou a adorar) e dicas que nos ajudam a melhorar não só a nossa forma de pensar em relação à comida, como tem algumas dicas práticas que podemos colocar facilmente em prática.

Partilho convosco abaixo mais coisas que aprendi entretanto :):
  • Se substituirmos o prato "normal" de mesa por um de sobremesa durante as refeições, acabamos por comer menos e ficamos com uma maior sensação de estarmos "cheios"
  • Se bebermos um chá sem açúcar no final de uma refeição ou escovarmos logo os dentes, conseguimos eliminar a sensação de que falta uma "sobremesa" para aconchegar o estômago
  • Podemos comer absolutamente tudo. Temos que ter atenção é às quantidades.
  • As bebidas alcóolicas são uma desgraça para as dietas (e isto a mim em eventos sociais custa-me horrores, mas já senti na pele como um almoço-jantar pode atrasar a dieta em 1,2 kg - e sim, só um dia 😕)
  • Temos que nos deixar de pensamentos do género "perdido por 100, perdido por 1000". Não funciona assim. Se cometermos uma asneira, não temos que continuar estilo bola de neve. É parar para reagrupar e voltar ao rumo correto

A aplicação tem muita informação sobre psicologia, ciência e sociologia. Tem informação mesmo muito interessante, ainda que alguns dos exemplo dados sejam mais para os americanos do que para nós (a aplicação é americana), mas em geral estou a adorar a informação que a aplicação fornece.

No entanto, uma das bandeiras da aplicação Noom são os grupos e os treinadores. Eu tenho uma "coach", a Jennifer, que até agora muito honestamente não tem servido para nada. Demora um a dois dias a responder e não senti até agora que a sua "presença" seja algum tipo de mais valia. Estar ali ou não, na verdade, é-me igual.

Depois, temos os "grupos de apoio", estilo gordos anónimos. Bom... também acho isto completamente desinteressante e, muito honestamente, o que menos me apetece é partilhar com um grupo de desconhecidos que hoje apeteceu-me comer um gelado inteiro ou metade de um bolo rei. :D . Não sinto que o meu grupo de apoio seja particularmente útil, mas também admito que o problema possa ser meu e do meu lado anti-social :)

Anyway, tirando a parte "social" da aplicação, estou a gostar bastante do que estou a aprender. Mas aconselho apenas a quem tenha um nível elevado de compreensão em inglês (sendo que algumas coisas têm que ser adaptadas a produtos semelhante - ex: não existe requeijão na app).

Daqui a um tempo volto a dar update aqui no blog.

Pounds be gone!!
Anouk


Relembro que a primeira parte deste post está aqui: App de Dieta Noom - Parte 1

  • Partilha:

Poderás também gostar

0 comentários